Em busca do novo Zuckerberg

Sexta-feira, 29 de Julho de 2011

O que entra em jogo na análise de anjos e gestores 

Mobilidade e potencial para alcance global são algumas das características que podem fazer uma empresa nascente ser vista como uma oportunidade de investimento por quem dispõe dos recursos. Aqui, financiadores de todos os portes contam que tipo de empreendimento estão investigando e o que consideram nessa análise. 
 

WAREHOUSE INVESTIMENTOS > GIORDANO BIAGI 

O que me interessa: startups de base tecnológica e empresas em estágio inicial com valor de mercado de US$ 1 milhão a US$ 10 milhões 
Onde já investi: não divulgo 
O que mais valorizo: capacidade de inovação, preparo dos empreendedores, habilidade para atuar em sinergia com outras empresas e possibilidade de ganhar escala. 


500 STARTUPS > DAVE MCCLURE 

O que me interessa: serviços financeiros, e-commerce, educação, produtos para famílias e crianças, games educativos 
Onde já investi: Mint, Slide Share e mais de 500 startups 
O que mais valorizo: o empreendedor que conhece seu mercado. Ouvir sobre os problemas dos consumidores me dá confiança. Gosto de empresas que entendam quem consome seus produtos — e isso é possível quando os clientes são o consumidor final ou pequenas e médias empresas. 


BOSSA NOVA INVEST E EXPERIENCE CLUB > PIERRE SCHURMAM 

O que me interessa: projetos de plataformas que integrem empresas, como pagamentos móveis e desenvolvimento de aplicativos 
Onde já investi: B2Capital, Tutudo, Cinesaber e Fashionily 
O que mais valorizo: equipes formadas por especialistas em programação, vendas e gestão. Empreendedores com visão completa do negócio, análise da concorrência, entendimento do mercado e dos problemas do usuário. Não invisto em ideias no papel — acho fundamental ter um protótipo. 


TEMASEK HOLDINGS > ANIBAL MESSA 

O que me interessa: cloud computing, social games, mobile e novos aplicativos para o Facebook 
Onde já investi: Buscapé e Direct Talk 
O que mais valorizo: se o empreendedor tem paixão pela ideia de construir e administrar uma empresa e não quer só ganhar dinheiro. Vejo se a equipe está tecnicamente preparada, se mapeou o mercado e definiu o modelo de negócios. 


ATOMICO > GEOFFREY PRENTICE 

O que me interessa: empresas que desenvolvam serviços para internet móvel, smartphones e tablets 
Onde já investi: Last.FM, Kyte e outras 40 startups 
O que mais valorizo: times de gestores que realmente acreditem no sucesso e formem um mix ideal de talentos. Empresas que explorem tecnologias revolucionárias e mudanças na economia, que sejam líderes em seus segmentos e tenham potencial para se tornar sucessos de âmbito internacional. 


JACARD INVESTIMENTOS > MARCELO AMORIM 

O que me interessa: empresas com foco em internet, desenvolvimento de softwares e serviços de alta tecnologia, como pagamentos eletrônicos, automação de processos e datacenter 
Onde já investi: Skedo, Acelera10 
O que mais valorizo: projetos com boas respostas para o seguinte roteiro: 1) qual problema o produto resolve?; 2) qual a solução proposta?; 3) por que é melhor que as outras?; 4) quem são os empreendedores, com qual formação e histórico profissional?; 5) o negócio tende a ganhar escala? 6) qual é o volume de investimento exigido e qual é a expectativa de retorno em determinado período? 


TRUE VENTURES > TONY SCHNEIDER 

O que me interessa: plataformas que possam ser usadas em diversos gadgets e sistemas operacionais 
Onde já investi: BackType, Bandcamp e Vodpod 
O que mais valorizo: produtos replicáveis para mercados globais. Criar aplicativos pode não ser um grande negócio — mas desenvolver uma plataforma que funcione para todos os aplicativos é muito interessante. Gosto de produtos que sirvam como ferramenta para outros desenvolverem seus produtos. Posso vender isso a milhões de desenvolvedores. 


ASTELLA INVESTIMENTOS > EDSON RIGONATTI 

O que me interessa: startups e empresas de base tecnológica em estágio inicial, nos setores de educação, saúde, serviços corporativos e financeiros 
Onde já investi: Help Saúde, Navegg e Portal Educação 
O que mais valorizo: competência, capacidade de execução e coesão da equipe, modelo com potencial para ganhos de escala e mercado amplo. 


SÃO PAULO ANGELS > CASSIO SPINA 

O que me interessa: empresas de tecnologia e internet em geral 
Onde já investi: Inovadrinks. Outras ainda são segredo 
O que mais valorizo: empreendedores que formem equipes com talentos complementares e, ao menos, um especialista no assunto. Negócios escaláveis, com modelos bem definidos e clareza do mercado-alvo. Avalio a motivação do empreendedor e a sua capacidade de lidar com feedbacks negativos. 


GALÍCIA INVESTIMENTOS > THOMAZ SROUGI 

O que me interessa: startups e empresas em estágio inicial com grande potencial de crescimento, especialmente no segmento de e-learning 
Onde já investi: EzLearn e outras 
O que mais valorizo: empreendedores que sonhem grande e que se preocupem em reduzir os custos do negócio, com foco nos resultados. 

 

Fonte: Pequenas Empresas, Grandes Negócios - Edição 269 - Junho/2011

 

Comentar

O conteúdo deste campo é privado não será exibido ao público.
  • Endereços de páginas de internet e emails viram links automaticamente.
  • Tags HTML permitidas: <a> <em> <strong> <cite> <code> <ul> <ol> <li> <dl> <dt> <dd>
  • Quebras de linhas e parágrafos são feitos automaticamente.

Mais informações sobre as opções de formatação